Zergio

Reconhecimento da Mobilidade

O reconhecimento da Mobilidade de Estudos exige o preenchimento anterior do Learning Agreement contendo o número de ECTS previstos, bem como, o preenchimento do formulário Unidades Curriculares a realizar em Mobilidade para Obtenção de Equivalência.

No caso da Mobilidade Estágio, exige o preenchimento anterior do Training Agreement estipulando o número de ECTS a obter.

Qualquer alteração ao acordo inicial deverá ser comunicada e autorizada pelo Coordenador de Erasmus e Diretor de Curso (no caso do Learning Agreement) e pelo Coordenador de Erasmus e pelo Tutor responsável no caso do Training Agreement.

Na Mobilidade de Estudos Outgoing, terminado o período de mobilidade e rececionado o Transcript of Records, o Coordenador Erasmus e o Diretor de Curso, confirmam a realização das exigências previstas no acordo de aprendizagem e emitem um documento onde são registados os créditos atribuídos e as respetivas notas na escala de classificação em vigor.

Na Mobilidade de Estágio Outgoing, terminado o período de mobilidade e rececionado o certificado de estágio, o Coordenador Erasmus confirma a realização das tarefas/exigências previstas no acordo de estágio e emite um documento onde são registados os créditos atribuídos e as respetivas notas na escala de classificação em vigor.

Em ambas as Mobilidades, o Diretor da ESAI efetua a creditação no diploma final e a mobilidade é registada no Suplemento ao Diploma.

Na Mobilidade de Estudos Incoming, após concluída a avaliação do aluno, é elaborado pelo Coordenador Erasmus e Diretor de curso, o Transcript of Records.

A ESAI é responsável pelo envio à entidade de origem do Transcript of Records, referindo as unidades curriculares, duração, nota local e ECTS. Este documento é devidamente assinado pelo Diretor da ESAI, carimbado e datado, de acordo com os timings estipulados no Acordo Bilateral para o efeito.

A ESAI manterá o registo académico/competências adquiridas de todos os alunos em mobilidade.

Na Mobilidade de Estágio Incoming, é enviado o Certificado de Estágio que inclui todas atividades desenvolvidas, duração das tarefas e sempre que possível as competências desenvolvidas.

MOBILIDADE DOCENTES

A ESAI, via o Coordenador Erasmus, o Diretor do Curso e o DDRI procura promover o Programa incentivando a participação da comunidade académica no mesmo. Através do DDRI, são divulgados os tipos de Programa existentes, Mobilidades, características, timings de candidatura, apoios, requisitos e potencialidades e esclarecendo as dúvidas existentes.

Por outro lado, também o Centro CICCOI entendendo a escassez de conhecimento e de produção científica na área do Imobiliário, sensibiliza os seus investigadores para as oportunidades que o programa oferece em atividades conducentes à melhoria da sua formação pedagógica, profissional, académica, técnica e científica, numa perspetiva de criação de conhecimento científico, de novos métodos de trabalho e de partilha de experiências a nível internacional.

Neste sentido, a participação dos Docentes é altamente valorizada, tendo vindo a ser implementada uma estratégia que fomenta a investigação na área dos Estudos do Imobiliário, incluindo no contrato dos docentes um modelo de prémios).

Por outro lado, a ESAI concede a dispensa do professor das suas funções de docência e outras enquanto estiver ausente para efeitos de mobilidade, nomeando substitutos ou permitindo, no caso de docência, a compensação das aulas.

Em termos de apoio linguístico, está ser elaborada uma parceria com uma instituição especializada em Línguas para que os participantes na Mobilidade possam usufruir de um curso de aperfeiçoamento na língua exigida na instituição de acolhimento. É também incutido no Acordo com a instituição parceira o apoio ao participante nos cursos de preparação linguística na Instituição de Acolhimento.

A seleção dos candidatos é feita de acordo com os interesses manifestados pelas HEIs parceiras e os interesses cientifico-pedagógicos da ESAI.

Na Mobilidade de Docentes, após candidatura e seriação são celebrados contratos respeitando o Programa de Missão de Ensino/Trabalho acordado/aceite pelas instituições envolvidas. O DDRI elabora os contratos e submissão dos mesmos. Os Acordos são acompanhados/monitorizados através do contacto permanente entre Coordenadores ERASMUS por forma a se certificar que o Acordo/Mobilidade (nas suas diferentes formas) estão a ser devidamente cumpridos.

No final da Mobilidade serão reunidos pelo DDRI todos os instrumentos de avaliação (relatório de atividades) e outros documentos necessários à validação da Mobilidade. As experiências internacionais são depois inscritas no dossier de progressão de carreira.

Nos relatórios de avaliação de desempenho é valorizada a mobilidade dos Docentes e staff.

A ESAI incentiva a promoção e partilha das experiências realizadas internacionalmente, seja através da organização de eventos relativos à temática da experiência realizada, a publicação de artigos, de testemunhas/crónicas onde os participantes partilham as suas experiências e o impacto da mobilidade seu desenvolvimento pessoal / profissional, bem como, sobre o contexto internacional.